Arquitetura de Computadores – CISC X RISC – Definição, aplicação e diferenças

0
13874
- GANHE 100 REAIS DE CRÉDITOS NA UMBLER -ganhe-100reais-creditos

Entenda a definição, onde é aplicado e as diferenças dessas duas arquiteturas de processadores: CISC e RISC.

Máquinas CISC (Complex Instruction Set Computer) têm um conjunto de instruções grande, de tamanhos variáveis, com formatos complexos.
Muitas dessas instruções são bastante complicadas, executando múltiplas operações quando uma única instrução é dada (por exemplo, é possível realizar um loop complexo usando apenas uma operação assembly).
O problema básico com máquinas CISC é que um conjunto pequeno de instruções complexas torna o sistema consideravelmente mais lento. Os projetistas decidiram retornar a uma arquitetura mais simples, delegando ao compilador a responsabilidade de produzir código eficiente com esse novo conjunto de instruções.
Máquinas que utilizam esta filosofia são chamadas de máquinas RISC.

A arquitetura RISC (Reduced Instruction Set Computer), como o próprio nome já diz, tem como principal objetivo simplificar as instruções de modo que elas possam ser executadas mais rapidamente. Cada instrução executa apenas uma operação, que
são todas do mesmo tamanho, tem poucos formatos, e todas as operações aritméticas devem ser executadas entre registradores (dados da memória não podem ser utilizados como operandos).
Praticamente todos os conjuntos de instruções (para qualquer arquitetura) lançados desde 1982 têm sido RISC, ou alguma combinação entre RISC e CISC.

Membros da família x86 de arquitetura Intel são conhecidos como máquinas CISC, enquanto que a família Pentium e processadores MIPS são conhecidos como máquinas RISC.

Diferenças CISC e RISC, CISC X RISC, RISC e CISC, RISC X CISC

Confira o vídeo:

- GANHE 100 REAIS DE CRÉDITOS NA UMBLER -ganhe-100reais-creditos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Please enter your name here